Sirsasana – postura sobre a cabeça

Conhecida como o Rei das Arsanas, ou como postura sobre a cabeça, a sirsasana deve ser introduzida gradualmente nos seus exercícios de Yoga.

Portanto, ela é desaconselhável para iniciantes, pois é necessário chegar a um patamar mais elevado de fortalecimento e equilíbrio. Para permanecer em uma posição invertida, a pessoa deve ter controle sobre o corpo e a mente, além de se sentir segura.

Antes de realizar a posição invertida, esteja familiarizado com as posturas básicas, como as técnicas de respiração. Como elas podem causar vertigem, cuide para que a pressão arterial esteja regular. Antes de começar, tenha atenção em fazer um trabalho de aquecimento e alongamento de braços, abdômen, pescoço e ombros.

Para realizar a postura é necessário que a pessoa tenha boa consciência corporal, pois para o alinhamento adequado, muito da musculatura do pescoço, ombros e abdômen são exigidos. Entretanto, o mais importantes para que ela seja feita da maneira correta, e para isso é preciso ter um ótimo trabalho de concentração.

Para que não haja lesões, cada etapa deve ser realizada com atenção, ouvindo o seu corpo. Se, durante a postura, não conseguir respirar corretamente, é melhor voltar para a postura inicial e ir mais devagar.

Como fazer a postura do sirsasana

A posição final é estar com o corpo completamente invertido, em posição vertical e apoiado pelos braços. A cabeça repousa levemente no chão com a ajuda dos braços.

  • 1º passo: em quatro apoios, encoste o antebraço no chão;
  • 2º passo: entrelace os dedos das mãos simulando o formato de um triângulo;
  • 3º passo: apoie o topo da cabeça no solo usando o espaço interno entre os punhos como suporte para ela;
  • 4º passo: eleve o quadril andando com as pontas dos pés em direção à cabeça até perder o contato com o solo;
  • 5º passo: eleve o quadril até que o corpo fique completamente alinhado;
  • 6º passo: na posição, permaneça entre 15 e 20 ciclos respiratórios lentos;
  • 7º passo: volte lentamente à postura inicial.

Para fazer a correta elevação das pernas, há três opções de práticas:

  • 1ª técnica: subir com as pernas juntas e flexionadas, para depois as estender;
  • 2ª técnica: subir primeiro uma perna estendida, depois elevar a outra;
  • 3ª técnica: subir com ambas as pernas unidas e estendidas ao mesmo tempo.

Benefícios

Aqueles que praticam a postura sobre a cabeça podem contar com alguns benefícios para o corpo e para a mente, como:

  • Fortalecimento de ombros, braços, punhos e abdômen;
  • Tonifica os músculos do abdômen, além de alongar a barriga;
  • Ocorre a melhora na sensação de equilíbrio;
  • Para aqueles que sofrem de estresse e depressão leve, ela pode atuar como um calmante para o cérebro;
  • Atua na estimulação das glândulas pineal e pituitária;
  • Através das respirações, ela fortalece os pulmões.

Contraindicações

Nem todas as pessoas podem realizar a sirsasana, logo, ela é desaconselhada para grupos que tenham as seguintes condições:

  • Que apresentem alguma lesão nas costas e no pescoço;
  • Que sofram com dores de cabeça constantes;
  • Que tenham doenças cardíacas;
  • Hipertensas ou com histórico de pressão arterial baixa;
  • Em período de menstruação;
  • Em caso de gravidez, se a pessoa tem experiência com essa postura, pode continuar a praticá-la sempre e quando se sentir confortável na postura.

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 5/5 (1 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário

Outros artigos

Shavasana – postura do cadáver

Pode parecer simples, mas a shavasana é uma das posturas mais poderosas do Yoga. Uma prática executada sempre aos finais dos exercícios, ela permite que se relaxe todo o corpo e a mente.

Paschimottanasana – postura da pinça

A postura da paschimottanasana é uma das mais comuns na prática do Yoga. Durante uma aula, ela é trabalhada repetidas vezes, portanto essencial. Mesmo com sua simplicidade de movimentos, ela desenvolve intensos acontecimentos para o corpo e para a mente.

Dhanurasana – postura da roda

A dhanurasana é uma postura do Yoga simples de realizar, além de altamente benéfica. Contudo, requer um pouquinho de experiência para praticá-la bem, mas nada que não seja aprendido em algumas semanas.